18 de fev de 2010

No Caminho

Indo pra casa á tarde depois do trabalho numa certa altura do caminho , lá na passarela, uma borboleta laranja me acompanhou por um instante, lembrei da música borboleta da Marisa Monte, ...borboleta pequenina...aí, claro me veio a mente o comentário do Rubem Alves sobre poesias, leituras que carregamos no coração e mesmo querendo deixar a mente livre pra ter novos pensamentos, não conseguimos..Sim, ele se lembrava de outros escritores e eu me lembrei dele..herança literária..rs. E, ouvi também pássaros, os bem-te-vi, não sei como se faz esse plural...mas seu canto não era o esperado, ele parava antes, não terminava..há um texto da Cecília Meireles se não me engano que menciona algo sobre o canto diferente de alguns deles..aí, até em casa, fui dando atenção aos cantos, me senti feliz..Penso que havia algum evento importante que houvera deixado os pássaros alvoroçados, pois de manhã no trabalho alguém comentou sobre o barulho deles logo cedo..Sei lá, de repente uma festa, alguma fofoca..rs..

Nenhum comentário:

Postar um comentário